Engenheiro Civil

Construção Cívil
Lichinga, Cuamba, Metangula, Mandimba, Marrupa, Quelimane, Mocuba, Alto Molócue, Milange, Gurúe, Maganja da Costa, Dondo, Gorongosa, Marromeu, Nhamatanda, Beira, Xai-xai, Macia, Praia de Bilene, Chibuto, Chokwe, Mandlakazi

Data de Inicio:08/31/2022

Data de Expiração:10/17/2022

Descrição

Elaborar, implementar e monitorar o Plano Anual de Actividades da área de infra-estruturas, serviços básicos integrados no Plano do Município

Apoiar os municípios para garantir a implementação das actividades de infra-estruturas e serviços básicos sejam executadas dentro dos prazos programados e com garantia de segurança, conforto, estética, e respeito ao meio ambiente, higiene e segurança no trabalho e assegurar a solidez e qualidade dos empreendimentos

Avaliar e apoiar sistematicamente e produzir informações periódicas sobre a capacidade técnica, para a implementação satisfatória do Projecto na sua área de jurisdição e actuação

Monitorar e implementar acções continuadas e modelos para fortalecimento das capacidades locais

Supervisionar a actividade da fiscalização e assistência técnica contratada para avaliar o progresso dos serviços, actividades e das obras executadas nos municípios e de forma articulada com os especialistas da equipe provincial. Comprovar se da conclusão dos serviços contratados, que incluem estudos, ensaios, projectos e empreitadas para permitir o pagamento com base nos contratos estabelecidos, os relatórios de aprovação dos produtos e as situações de trabalho previamente visados e aprovadas pela entidade competente, a fiscalização e o gestor do contrato. Realizar actividades de campo regulares na companhia da equipe técnica municipal, onde decorrem as actividades de obras para controlar e supervisionar a actividade da fiscalização, processos de obras e outros serviços produzindo relatórios circunstanciados respectivos

Assegurar que nenhuma obra inicie sem a realização e a aprovação dos estudos gerais e de especialidade (viabilidade, projectos de engenharia) e licenças ambientais requeridos para pacotes de Obras de Infra-estruturas que exijam a componente de salvaguardas ambientais e sociais pelo PDUL Assegurar e organizar as evidências de realização da consulta pública assinada pelos participantes incluindo a liderança loca e outros

Supervisionar e avaliar os indicadores de condição mínima e os indicadores anuais de desempenho relacionados à infra-estrutura e aos serviços básicos resultante da actividade do município onde decorrem actividades das áreas anteriormente referidas que incluem, vias de acesso e caminhos pedestres

(ii) pequenas pontes ( pontões) (iii) micro drenagem e controle de erosão

(iv) pequenos sistemas de esgoto (por exemplo, fossas sépticas comunitárias)

(v) pequenos sistemas de abastecimento de água (furos e poços de agua)

(vii) mercados e, (viii) espaços públicos em geral, para garantir que, sejam executados dentro dos critérios legais de licitação, fiscalização, segurança, estética, qualidade, salubridade e segurança contra, cheias/secas, ventos extremos e terramotos dentre outros eventos

Assegurar em coordenação com os especialistas das salvaguardas os aspectos ambientais do Projecto de forma a avaliar os potenciais impactos ambientais, sociais e sugerir medidas mitigadoras

Realizar em coordenação com os especialistas das salvaguardas, procurement, a equipe do município, as instituições locais como AIAS, FIPAG, SDPI e outras agências, a criação do Banco de dados do município, sobre preços da construção de referência para estudos, serviços, projectos e execução dos empreendimentos para permitir avaliar os custos das propostas desses serviços ou produtos

e sugerir medidas periódicas de correcção/actualização dos dados

Supervisionar e avaliar no estaleiro das obras, a aplicação de procedimentos de Saúde, Higiene e Segurança Ocupacional nas obras de construção civil e obras públicas

Assegurar a implementação das recomendações já contidas nos documentos específicos de salvaguardas ambientais e sociais do Projecto nomeadamente: O Quadro de Políticas de Gestão Ambiental e Social (QPGAS), os Manuais Operacionais, Guião de Salvaguardas Ambientais e Sociais, entre outros

Facilitar a coordenação inter-institucional entre os vários actores (município, Assistência técnica, AIAS, FIPAG, SDPI, MITA, MOPHRH e comunidades) na implementação dos Sub-Projectos

Apoiar os municípios no preenchimento dos modelos em uso no Projecto Realizar visitas de campo regulares aos Subprojectos em execução no município na companhia da equipe técnica municipal, de forma a monitorar a implementação adequada das obras e cláusulas ambientais e sociais, de saúde e segurança ocupacional dos PGA’s incluídas nos contratos de todas as empresas de construção

Realizar reuniões de consulta e acompanhamento junto das comunidades beneficiárias, líderes comunitários e outros intervenientes-chave (a nível Municipal l) para avaliar os impactos das obras e outros resultantes da implantação das actividades do Projecto

Assegurar a notificação à PIU Central em coordenação com o Engenheiro Civil Provincial e autoridades locais sobre qualquer incidente na implementação do Projecto relevante para sua Província, e nos respectivos municípios e, para que seja (i) garantida a protecção do público, dos trabalhadores, e do ambiente

(ii) fornecido todo o apoio e compensação necessária

e notificado e assegurado que sejam seguidas as normas de salvaguardas sociais e ambientais do Pais e do Banco Mundial

Elaborar relatórios de trimestrais da execução das obras e aplicação das salvaguardas ao nível do Município com vista a proporcionar uma visão geral de sucessos, oportunidades e desafios/lições aprendidas e recomendações que devem ser tomados em conta

Prestar relatórios periódicos das actividades realizadas com recomendações sobre a implementação ao nível municipal no âmbito do PDUL. Incluindo a actividade da AT.

Requisitos:

  • Nível de Licenciatura em engenharia civil e obras públicas e com conhecimentos sólidos sobre questões ambientais e sociais, dando-se maior preferência ao candidato que tiver conhecimentos e/ou especialidade e/ou grau de Mestrado. Pelo menos 5 anos de experiência profissional comprovada na gestão de projectos de engenharia actuando no sector público, especialmente relacionado com projectos de infra-estruturas nas áreas de estradas, drenagem, abastecimento de água e saneamento, pequenas pontes, e outras edificações urbanas incluindo gestão de risco de desastres. Conhecimentos e uso das normas da série ISO 9000 ou outros afins para a gestão de qualidade de serviços de projecto, construção e produtos e outros na actividade de construção civil constitui uma vantagem
  • Conhecimentos sobre projectos para edificações urbanas sustentáveis constitui também uma vantagem
  • Experiência comprovada de trabalho em simultâneo nos distritos e municípios alinhada com a gestão de programas multissectoriais é uma vantagem. Capacidade comprovada de gestão de equipas multidisciplinares de gestores, técnicos e consultores, na implementação de projectos integrados, congregando diferentes actores: públicos, privados, a sociedade civil e a comunidade. Pelo menos 2 anos de gestão e monitoria ambiental e de saúde e segurança ocupacional e experiência prévia em projectos que adoptaram as políticas de salvaguarda operacionais do Banco Mundial é uma vantagem
  • Preferência sediado no Município de actuação é uma vantagem
  • e Fluência na língua portuguesa, e conhecimentos da língua inglesa falada e escrita.
Candidatar-me